Wednesday, April 23, 2008

Canção Deserta

Breve lamento de silêncio e nada,
Perdido entre o destino e o passado,
Sou melodia de ilusão quebrada,
Canção deserta de um sonho apagado.

Memória de um futuro abandonado,
Sou sombra de um olhar feito morada
De sombras, sentimento condenado,
Remissão para sempre rejeitada.

Leve elegia de uma eterna dor,
Sou canto de um desalento sem cor,
Gélido abraço de um vazio mais forte.

Sou sombra de silêncio e noite escura,
Condenada ao exílio da amargura.
Seria muito mais suave a morte…

7 comments:

jorge silva said...

os teus poemas possuem uma melancolia muito profunda, marca de alguém que parece continuamente repensar o seu lugar no mundo.
continua a seguir a tua voz.

susanna said...

Oi Carla! Foi só mesmo para deixar a minha marca no teu belíssimo blog! Foi um prazer conhecer-te, és uma excelente escritora e uma mig ainda melhor. Qualquer coisa já sabes que podes contar comigo!
Bjs grandes,
Susanna

Alice said...

sabe de uma coisa, vc escreve cada dia melhor !!
bjussss

João Videira Santos said...

"...Leve elegia de uma eterna dor,
sou canto de um desalento sem cor,
gélido abraço de um vazio mais forte." Gostei.Sobretudo pela "imagem" poética.

Cristina said...

Boa noite Carla eu sou uma simples
amadora que também gosta de escreve.,Tu para publicares um livro é porque és mais experiente nestas coisa que eu.
Apesar de ser uma simples amadora,
o meu maior sonho neste momento também era poder publicar um livro,
seria a maior satisfação da minha vida.
O dedicaria em memória do meu pai,irmão,tioe primos,por isso é que o meu blog é talvez muito triste,porque caí em depressão com tudo o que me aconteceu na vida.
O meu blog é:http://poesiasoriginais.blogspot.com
Boa sorte para o lançamento do teu livro e que publiques muito mais.

Parabéns Carla aqui vai um grande beijo de:

Cristina B.das Neves Bernardo
15 de Maio de 2008

Cristina said...

Boa noite Carla eu sou uma simples
amadora que também gosta de escreve.,Tu para publicares um livro é porque és mais experiente nestas coisa que eu.
Apesar de ser uma simples amadora,
o meu maior sonho neste momento também era poder publicar um livro,
seria a maior satisfação da minha vida.
O dedicaria em memória do meu pai,irmão,tioe primos,por isso é que o meu blog é talvez muito triste,porque caí em depressão com tudo o que me aconteceu na vida.
O meu blog é:http://poesiasoriginais.blogspot.com
Boa sorte para o lançamento do teu livro e que publiques muito mais.

Parabéns Carla aqui vai um grande beijo de:

Cristina B.das Neves Bernardo
15 de Maio de 2008

Corvo Negro said...

Foi assim que iniciei o meu blog há 4 anos e meio atrás, escrevendo poesia clássica em rimas.

É bom testemunhar alguém a escrever poesia clássica, como a que Fernando Pessoa nos habituou, por exemplo.

Pessoa é a minha maior referência neste género, tendo sido através dele que aprendi a gostar tanto da poesia.

Que boa surpresa "Silent Raven"